sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Resumo/Resenha/Relatório do filme: ''Alexandre - O Grande''




O filme se trata de um período histórico, onde retrata a vida de Alexandre, um grande conquistador, que desde de criança foi treinado e acostumado a lutar.
O pai de Alexandre, que se chamava Filipe, ele era um rei, que só andava bêbado e era muito estupido e bruto. Um dia quando Alexandre ainda era criança, seu pai tentou tirar ele de sua mãe (Olympia), onde não conseguiu. Porém, o tempo foi passando e seu pai conseguiu oque ele mais queria, que era ‘’jogar’’ seu filho (Alexandre) contra sua própria mãe.
Com o passar do tempo, Alexandre cresceu, e cada vez mais foi aumentando sua vontade de ser igual a seu pai, um rei.
Em um dia, Alexandre provou para seu pai e para toda a população grega que era capaz de domar um cavalo que ninguém estava conseguindo domar até o momento, deixando assim seu pai muito feliz e orgulhoso, onde Alexandre se tornou dono do cavalo, colocando o nome do animal de ‘’Bucéfalo’’.
O tempo passando, Alexandre já adulto, teve uma briga ‘’feia’’ com seu pai, deixando ele com muita raiva e ódio, e disse que não aceitaria ele mais como filho.
Depois deste acontecimento, seu pai Filipe foi morto, assassinado pelos pérsias, e Alexandre passou a assumir o trono de seu próprio pai, como ele sempre queria e sonhava.
Até então, Alexandre o atual rei, comandou a primeira guerra contra os pérsias (do poderoso rei Dário), com dois principais objetivos, conquistar o território dos pérsias e vingar a morte de seu pai. Foi uma guerra muito sangrenta e violenta, onde os pérsias se encontravam em maiores vantagens, por terem melhores armamentos, como arco e flecha, e também cavalarias, já os gregos, apenas lanças e escudos.
Mas, não foi oque parecia, mesmo os persas tendo mais armamentos, eles não conseguiram ganhar a guerra contra os gregos, porém, Alexandre também não conseguiu matar Dario (rei dos persas) que era seu objetivo principal naquele momento.
Após a derrota dos persas, Alexandre tornou-se rei dos persas, tomando assim, o trono de Dario.
No entanto, a vida de rei não poderia ser diferente, com muitas mordomias, fortunas, alimentos, mulheres e entre outras, tudo isso oferecidos para Alexandre e sua ‘’equipe’’ grega.
Alexandre não realizou a vontade de sua mãe Olympia, de levar ela para a babilônia, para ser a rainha do local.
Alexandre e sua ‘’tropa’’ guerrilheira foi atrás de Dario, que ao se deparar com o mesmo, se encontrava já morto, tendo a certeza que ele foi assassinado pelos seus próprios companheiros. Sendo assim, Alexandre a procura de vingança, foi  na captura dos assassinos de Dario.
No passar do tempo, Alexandre se apaixonou por uma macedônia, que acabou se casando com ela, ciente que ela seria mãe de seu filho.
Porém, em um dia ela achou que Alexandre estaria traindo ela com o maior parceiro dele, e Alexandre tentou ter relações sexuais á força com sua esposa, sem a vontade dela, mas, ela com muita raiva não quis, tentando até matar ele com uma faca, onde ela não conseguiu, e acabou invertendo a situação, pois os dois acabaram tendo relações sexuais.
Um dia Alexandre teve uma grande decepção com seu grande companheiro de infância, e acabou matando ele, por estar agindo de má fé contra ele.
Alexandre reuniu um grande Império para conseguir realizar seu grande sonho, seguindo sempre ao leste e criando mais e mais Alexandrias (territórios conquistados ou cidades criadas). Porém, no caminho eles sofreram muito com as chuvas e raios.
Alexandre sempre devolvia os territórios conquistados para os reis derrotados, fazendo deles, grandes aliados de Alexandre.
Clito (grande orgulho do rei Filipe), deixou Alexandre muito estressado e com muita raiva, fazendo com que ele matasse Clito. Após essa morte, Alexandre teve uma grande recaída.
Alexandre, voltou a reunir seus guerrilheiros, porém agora, sem a vontade deles, para ir conquistar uma tribo, que segundo comentários, essa tribo seria uma das mais perigosas, por lutar possuindo grandes elefantes ‘’monstruosos’’ e seus guerrilheiros não queriam mais arriscar suas próprias vidas em guerras. Mas mesmo sabendo do perigo e arriscando suas vidas, Alexandre e sua tropa foram a guerra contra essa tal tribo perigosa.
.....  Continua.
 

Um comentário: