segunda-feira, 20 de abril de 2015

Classificação das Perdas de Carga

Fonte: http://www.tigre.com.br/enciclopedia/artigo/31/Classifica%E7%E3o+das+Perdas+de+Carga

Distribuída: é aquela que ocorre ao longo da tubulação, pelo atrito da água com as paredes do tubo. Quanto maior o comprimento do tubo, maior será a perda de carga. Quanto menor o diâmetro, maior também será a perda de carga.

Localizada: nos casos em que a água sofre mudanças de direção como por exemplo nos joelhos, reduções, tês, ocorre ali uma perda de carga chamada de “localizada”. Isto é fácil de entender se pensarmos que nestes locais, há uma grande turbulência concentrada, a qual aumenta os choques entre as partículas da água.


1- Supondo que o registro esteja fechado, em qual nível estará a água no tubo 1?
A ( ) B ( ) C ( )


Resposta: pelo princípio dos vasos comunicantes, o nível da água do tubo 1, estando o registro fechado, estará no mesmo nível da água do reservatório, ou seja, na letra B.

2- Abrindo-se o registro, o nível da água irá para:
A ( ) B ( ) C ( )


Resposta: se o registro for aberto, ocorrerá um movimento da água pelo tubo e, consequentemente, haverá choques e atritos entre as partículas da água entre si, e com as paredes da tubulação.


De E até D, o escoamento sofrerá perda de carga distribuída, devido ao comprimento da tubulação. A perda de carga localizada se dará nos joelhos 45° existentes no trecho E e D.
Em outras palavras, haverá uma perda de carga na rede. Isto ocorrendo, a pressão tenderá a diminuir no ponto D, reduzindo-se então o nível de água do ponto B para o ponto C. Ou seja, o nível da água baixará para o ponto C.

Nenhum comentário:

Postar um comentário