terça-feira, 29 de novembro de 2016

Vigas

INTRODUÇÃO
As vigas tem uma importância significativa na construção civil, pois são elementos que suportam as lajes e a maioria das cargas provenientes de elementos não estruturais e também cargas de outras vigas que nelas se apoiam. As vigas podem ser caracterizadas como isostáticas e hiperestáticas em seu comportamento estrutural e os tipos de seção transversal são retangulares (sendo em T, em I, em L e em U), e também podem ocorrer variações de altura nas vigas ao longo de seu comprimento.

Palavras-chave: Tipos de vigas; Construção civil; Execução.


INTRODUCTION
The beams have a significant importance in construction, since they are elements that support the slabs and most loads from non-structural elements and also loads of other beams in them are supported. The beams can be characterized as isostatic and statically indeterminate in its structural behavior and types of cross section are rectangular (being tees, I, L and U), and may also be variations in height on the beam along its length.

Keywords: Types of beams; Construction; Execution.

RESUMO
Vigas são componentes estruturas rígidas projetadas para suportar e transferir cargas transversais através do espaço para os elementos de apoio. Existem alguns esforços que as vigas são submetidas, como: deflexão, momento fletor, momento de resistência, esforço de flexão, eixo neutro ou linha neutro, esforço de cisalhamento transversal e horizontal.
Tipos de vigas:
- Viga simples: apoiada em suas duas extremidades, as quais podem rotar livremente e não apresenta resistências a momentos fletores;
- Balanço: é uma viga ou outro elemento estrutural rígido apoiado em apenas uma de suas extremidades;
- Viga em balanço: é uma viga simples que se estende além de um de seus apoios, onde o balanço reduz o momento fletor positivo no ponto intermediário dos apoios e também cria um momento fletor negativo na base da viga sobre o apoio;
- Viga com balanços duplos: é uma viga simples que se estende além de seus pontos de apoio. Caso tenha uma carga uniformemente distribuída, os pontos nos quais os momentos fletores têm intensidade igual, são contrários e ficam aproximadamente 1/3 da distância entre os vãos;
- Viga engastada: tem suas duas extremidades impedidas de se deslocar ou rotar, onde as extremidades fixas transferem esforços de flexão, aumentam a rigidez da viga e reduzem sua deflexão máxima;
- Vão suspenso: é uma viga simples sustentada pelos balanços de duas vigas contínuas com juntas de pino nos pontos de momento fletor nulo;
- Viga contínua: se estende sobre mais de dois apoios, para maior rigidez estrutural e menores momentos fletores do que uma série de vigas simples que têm vãos e carregamentos similares;
- Viga em balanço: viga com apoio único que obrigatoriamente deve ser um engaste fixo;
- Viga simplesmente apoiada: viga com apoio fixo e um apoio móvel;
- Viga biengastada: viga com as duas extremidades engastadas;
- Viga Gerber: viga articulada e isostática, sobre mais de dois apoios;
- Viga contínua: viga hiperestática, sobre mais de dois apoios;
- Viga balcão: viga de eixo curvo ou poligonal, com carregamento não pertencente ao plano formado pela viga;
- Viga-coluna: barra com solicitações de flexão e de compressão;

Nenhum comentário:

Postar um comentário